Pesquisas levam a concluir que Jesus era casado e tinha discípulas mulheres

Teria sido Jesus casado ? Jesus teria tido discípulas mulheres ? Recentes pesquisas levam a essa conclusão … entenda mais o porquê :

Novos testes científicos comprovam que não há nenhuma evidência de falsificação moderna em um texto escrito num papiro egípcio antigo, que se refere a Jesus como sendo casado, de acordo com um artigo muito aguardado e que foi publicado nesta quinta-feira (10-4-2014) na revista da Escola de Teologia de Harward “Harvard Theological Review”.

Cientistas que examinaram o controverso fragmento de papiro escrito em copta egípcio em que Jesus fala de sua esposa concluíram que o papiro e a tinta são provavelmente antigos e não uma falsificação moderna conforme alegavam alguns críticos.
urandir-polêmico-papiro-da-esposa-de-cristo-urandir.com
Os resultados apoiam o argumento da professora de Harvard Karen L. King que o texto controverso, seria o primeiro que faz referência explícita a um Jesus casado, é quase certamente um documento autêntico .

Embora o fragmento de tamanho de um cartão de visita contenha apenas alguns pedaços de frases aparentemente tiradas de um texto maior, elas parecem expressar idéias ainda não vistas nos Evangelhos canônicos do Novo Testamento.

“Jesus disse -lhes: ‘ Minha esposa … ‘”, diz um trecho interrompido por uma borda rasgada, enquanto outras linhas que citam Jesus sugerem que pelo menos uma mulher poderia ter sido sua discípula, papel preenchidos exclusivamente por homens nos evangelhos canônicos.

A primeira linha , de acordo com a tradução de King, diz em parte : “Minha mãe me deu a vida. ”

A existência do fragmento, conhecido como o “Evangelho da Esposa de Jesus ” foi divulgada inicialmente em uma conferência acadêmica em 2012. Ele é visto por alguns como um vislumbre de como antigos cristãos pensavam enquanto condenado por outros, incluindo o Vaticano, como uma farsa absurda.

Porém “Todas evidências apontam para o papiro ser mesmo antigo e ter sido escrito na Antiguidade” afirmou Karen King , a pesquisadora de história da academia de Teologia de Harvard, a uma coletiva de imprensa já em 2012 quando apresentou pela primeira vez o fragmento.

Será que a história está mudando ? E agora ? Vamos continuar a buscar conhecimento !

Artigo criado e publicado em 2014-04-12 00:54:03.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>