Diário de bordo 4° dia Expedição Zigurats Dakila Pesquisas – Egito 2015

imagens-em-relevo-nas-paredes-do-templo-de-Isis-em-Aswan-urandir-pesquisa-2015

urandir e equipe de pesquisadores viaja de lancha até o templo de Isis em AswanNo  4° dia Expedição Zigurats Dakila Pesquisas – Egito 2015 a equipe de pesquisa liderada por Urandir Oliveira partiu pela manhã do Cairo para Aswan, ao sul do Egito. Como a equipe integra quase 250 pessoas, teve que ser fretado um vôo específico para isso.

A cidade de Aswan, ou Assuão como também é conhecida, se localiza no sul do país, a 900 quilómetros de distância do Cairo, Aswan tem perto de 250 mil habitantes e é ponto de passagem para todos aqueles que querem se aprofundar em pesquisa egípcia.  Desde a época do Império Antigo, esta cidade com uma importante localização estratégica protegeu a fronteira sul do país e foi uma base para as incursões militares na Núbia e no Sudão. Estava situada no cruzamento das antigas rotas entre o Egito, a África e a Índia e era tida como um local onde frequentemente se vendiam produtos exóticos.

entrada do templo de Isis em Aswan-urandir pesquisa 2015Já em Aswan, a equipe foi dividida em dois grupos em dois barcos de cruzeiro, para seguirem no final dia em direção aos próximos locais de pesquisa.

Durante a tarde a equipe , separadarelevo nas paredes do templo de Isis em Aswan revelam detalhes intrigantes-urandir pesquisa 2015 em pequenos grupos voi levada em lanchas até a ilha egípcia de Philae, onde hoje se encontra o Templo de Ísis. Nessa ilha no Nilo, foi construído um templo dedicado à deusa Ísis, durante a 30.a dinastia, a partir do qual irradiava o seu culto. Na mitologia egípcia Isis era filha de Geb, o deus da Terra, e de Nut, a deusa do Céu, e irmã/mulher de Osíris, pais de Hórus. Ela simbolizava a fertilidade e a maternidade, e era descrita como detentora de poderes mágicos. Na arte, Isis era representada com um corpo de mulher com uns cornos de vaca na cabeça.

colunas no templo de Isis em Aswan-urandir pesquisa 2015Este culto egípcio transitou para Alexandria, por via da tradição helênica, depois do século V a. C. O historiador grego Heródoto considerava-a semelhante a Deméter, a deusa grega da terra e da fertilidade. Ísis chegou até à mitologia romana no período do consulado de Lúcio Cornélio Sula, num culto tripartido que venerava Ísis, Hórus e Serápis. Em Roma ganhou rapidamente muita popularidade, sendo integrada na religião romana. Mais tarde o culto era frequentemente associado com a licenciosidade de alguns ritos. Com o advento do cristianismo este culto foi banido.

Assim como Abu Simbel, destino das próximas pesquisas da Expedição, o Templo de Ísis foi classificado como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

imagens em relevo nas paredes do templo de Isis em Aswan revelam detalhes intrigantes-urandir pesquisa 2015

Uma curiosidade é que no Templo de Philae  que a toda poderosa Cleópatra vinha prestar suas homenagens à deusa Isis. Ela e o seu séquito desciam em seu barco desde Alexandria, de onde governava, entrava no Delta do Nilo e percorria todo o país até chegar em Aswan.

Artigo criado e publicado em 2015-05-22 17:16:11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>